Como cobrar pelo meu trabalho de costureira em casa? Aprenda!

May 14, 2018

Cobrar pelo trabalho de costureira não é uma tarefa fácil, uma vez que o valor pode variar dependendo da localização, do tipo de trabalho e especialmente, do público que será atingido. Então, o que fazer? Como estabelecer um preço justo e coerente? É o que nós vamos lhe ensinar agora.

Localização

 

Esse é o primeiro ponto a se levar em conta na hora de precificar o seu serviço. Se você estiver localizada em um bairro mais afastado do centro, o valor que você cobrará será bem menor do que no caso de uma costureira que mora em uma região central.

 

Poder aquisitivo dos clientes

 

Se o seu ateliê em casa for numa região com pessoas com poder aquisitivo maior, o valor do seu trabalho será mais elevado. Porém, se seu público forem pessoas mais simples e com renda mais baixa, o valor cobrado pelas costuras será menor.

 

Portanto, veja quem será o público que você for atender e como pode cobrar um valor justo para ele.

 

Tipo de costuras que você faz

 

Leve em consideração o trabalho que você executa e a qualidade que entrega aos clientes.

Se você trabalha somente com consertos, fazendo ajustes simples, o valor do seu trabalho será diferente de quem costura uma peça desde o início.

 

Além disso, há ateliês que costuram roupas de festa, de alfaiataria e diversas outras alternativas e tudo isso influencia no valor final do trabalho.

 

Defina quanto você quer ganhar por mês

 

O trabalho de costureira é rentável e garante bons frutos para quem trabalha duro. Porém, para precificar e saber quanto você precisa trabalhar para garantir boa rentabilidade, é preciso ter em mente quanto você quer faturar em um mês.

 

Há costureiras que se contentam com um salário mínimo, porém há outras que precisam ter mais lucro no negócio. Então, tenha em mente quanto você quer ganhar para começar a calcular o preço do seu trabalho.

 

Faça os cálculos e saiba quanto cobrar

 

Unindo os pequenos gastos com matéria-prima, digamos que o valor que você quer faturar em um mês é de R$2.500.

 

Dessa forma, precisamos saber qual é o valor da sua hora trabalhada. Para isso, basta dividir os 2500 por 190, que é a média de horas que um trabalhador registrado cumpre em um mês.

 

Fazendo as contas, 2500/190 = 13,15. Podemos arredondar para 14 reais, que é o valor da sua hora trabalhada.

 

Assim, você pode multiplicar esse valor pelas horas trabalhadas em cada trabalho. Muito simples e fácil!

Percebeu que aprender a calcular quanto cobrar pelo trabalho de costureira é mais prático do que parece? Então não perca tempo e invista em uma máquina nova.

 

Conheça os modelos da Fácil Tec e garanta já a sua aqui.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Saiba como selar e embalar com a Fácil Tec

September 27, 2017

1/4
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags